Capturar

Se você observar, verá que a nossa rotina diária está repleta de hábitos. São costumes que adquirimos e que realizamos sem esforço, porque já fazem parte de quem nós somos. Alguns exemplos pequenos da presença dos hábitos em nossa vida são quando alguém escova os dentes todas as manhãs da mesma maneira ou quando uma pessoa almoça todos os dias no mesmo horário.

Alguns hábitos são inofensivos – e até úteis para o dia a dia -, mas há outros que se tornam problemas na vida de uma pessoa. “O homem é fruto dos hábitos que ele mantém. Se você analisar a vida de uma pessoa e começar a avaliar os hábitos dela, você vai entender por que a vida dela é daquele jeito. O seu corpo é um reflexo dos seus hábitos alimentares. O pecado é um hábito, é um vício, a maioria dos pecados são vícios. Todos os hábitos de uma pessoa definem a vida que ela vai ter”, observou o palestrante Renato Cardoso, no encontro mensal para homens que ocorreu no Templo deSalomão, localizado na capital paulista, no dia 5 de agosto último.

Como destacou Cardoso, na palestra especial, a Bíblia ensina, no livro de Tiago, no capítulo 1, no versículo 19, que há três hábitos que um homem deve cultivar e que vão ajudar a se ter sucesso na vida: ser pronto para ouvir, tardio para falar e tardio para se irar.

1) Ser pronto para ouvir:

“Isso quer dizer ‘humildade’. Esse hábito não é muito peculiar ao homem. O homem – por ele ter de se cobrar, por ele querer manter a aparência – acaba sendo resistente ao fato de que ele precisa aprender, de que ele precisa ouvir. Se você quer ter sucesso, você precisa inclinar-se para aprender. Quem é orgulhoso não aprende, acha que sabe tudo. O humilde é aquele que reconhece: ‘Eu não sei, eu não tenho a resposta, eu preciso me informar, eu preciso descobrir’. Esse é o humilde. Esse homem, que tem o hábito de estar sempre pronto para ouvir, sempre vai crescer, porque está disposto a aprender. Esteja pronto para ouvir, esteja pronto para ser ensinado, pronto para ser moldado, pronto para ser discipulado”, orientou o palestrante.

2) Tardio no falar:

“Não tem a ver com ser quieto e nem com ser tagarela. Tem a ver com pesar as suas palavras, zelar pelas suas palavras. Não seja precipitado para prometer algumas coisa e depois falar que você não vai fazer. A sua palavra, como homem, lhe define. O homem vale a palavra que ele tem. No passado, quando um homem fazia um acordo com outro homem, ele dava a palavra dele, por isso tem a expressão ‘eu te dou a minha palavra’. Ser tardio no falar é saber quando você deve falar”, acrescentou Renato.

3) Tardio para se irar:

“Isso tem a ver com as emoções. A ira é um poder que tem de ser reservado para momentos pontuais de nossa vida. Em um dia de revolta santa, você é capaz de realizar mais do que em um ano da sua vida. Você toma a decisão que deveria ter tomado há muito tempo. Um homem que não se ira é um homem passivo, que aceita tudo, que é humilhado, envergonhado e não faz nada com respeito a isso. Mas a ira é ruim quando você não a usa da maneira correta ou quando você permite se tornar uma pessoa tomada de raiva, temperamental, de um temperamento explosivo ao ponto em que ninguém te aguenta. Muitas mulheres ‘andam em ovos’ perto de seus maridos, porque eles são homens explosivos. São homens que não têm o controle de sua própria raiva. Ser tardio em se irar, significa você ser controlado, ter domínio de suas ações”, concluiu.

Mude os hábitos ruins de sua vida

Se você deseja ter uma vida melhor, mude os seus hábitos. Faça uma autoavaliação dos comportamentos que têm lhe prejudicado, que têm lhe trazido problemas e não lhe ajudam a crescer na vida. Não há como você colher resultados diferentes se você tem sempre as mesmas atitudes diante das situações da vida.

Projeto IntelliMen

Já estamos no segundo semestre de 2017, mas ainda dá tempo de você se tornar um homem ainda melhor. Se você ainda não participa do Projeto IntelliMen, clique aqui e veja mais detalhes. São 53 desafios que vão lhe ajudar a se desenvolver como pessoa.

Fique por dentro também das novidades do grupo por meio da página oficial no Facebook.

Fonte

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>